Presidente do CRCTO participa da posse da nova diretoria do TCE/TO

A posse dos novos gestores do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE-TO), aconteceu nesta quarta-feira (3), de forma remota e contou com a participação de várias autoridades, dentre elas o Governador do Tocantins, Senadores da República e Prefeitos.


Foto: Ascom TCE/TO
O presidente João Gonçalo dos Santos, representou o Conselho Regional de Contabilidade do Tocantins (CRCTO) na cerimônia, de acordo com ele “é muito importante que os Órgãos estejam se integrando para dar transparência para a sociedade.”


Foto: Jorge Valeriano

Foto: Jorge Valeriano
“A fiscalização focada no interesse público e nos resultados da aplicação dos recursos, torna a gestão visível e eleva a sua credibilidade. Como gestor público, pretendo dar o melhor exemplo, promovendo os meios necessários para uma eficiente e eficaz atuação do controle externo”, destacou o conselheiro Napoleão de Souza Luz Sobrinho, ao tomar posse, como presidente do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE/TO). A cerimônia aconteceu em Sessão Especial por videoconferência do Tribunal Pleno.

A gestão empossada para o biênio 2021/2022 também é composta pela vice-presidente, conselheira Doris de Miranda Coutinho, e pelo corregedor, conselheiro Severiano Costandrade.
Napoleão ressaltou também que tem consciência da responsabilidade de apresentar novos caminhos e soluções na incessante busca do aprimoramento dos gastos públicos. “A supremacia do interesse público sobre o privado balizará as nossas ações, pois acredito que essa premissa é a mola-mestra que torna sólida e harmoniosa a relação entre poderes e órgãos do Estado”, enfatizou.

O presidente destacou os avanços tecnológicos do Tribunal na gestão do conselheiro Severiano Costandrade e reforçou que conta com o apoio de todos os conselheiros, conselheiros substitutos, procuradores e servidores para uma gestão eficiente. “Unidos seremos imbatíveis na consolidação de um Tribunal respeitado e admirado”.

O conselheiro também frisou sua preocupação quanto ao cenário pandêmico e prestou solidariedade às vítimas da doença (Covid-19) tanto no Estado quanto no país. “Essa crise deve nos impulsionar para o maior cuidado e zelo com as pessoas e melhor fiscalização do erário. Que Deus nos conceda a graça de sair dessa situação. Não pode nos faltar a fé e a esperança”, pontuou.

O novo presidente disse ainda que buscará uma respeitosa relação institucional com os poderes e manterá as parcerias com as instituições educacionais.

 


Por Jorge Valeriano
Ascom CRCTO